Eike é condenado a 30 anos de prisão por Bretas por envolvimento no esquema Cabral Leia mais: https://oglobo.globo.com/brasil/eike-condenado-30-anos-de-prisao-por-bretas-por-envolvimento-no-esquema-cabral-

PUBLICIDADE

ÚLTIMAS DE BRASIL

RIO — O empresário Eike Batista foi condenado a 30 anos de prisão e a pagar uma multa de R$ 53 milhões pelo juíz Marcelo Bretas, como antecipado pelo colunista do GLOBO Lauro Jardim. A decisão veio em um processo sobre Eike que investigava denúncias de corrupção ativa dentro do esquema do ex-governador Sérgio Cabral, que também foi condenado na sentença a mais 22 anos e oito meses de cárcere.

LEIA: Luma de Oliveira entra com pedido de R$ 380 milhões contra Eike

LEIA: De bilionário a preso em Bangu, Eike Batista reaparece como ‘youtuber’

Onde Eike Batista errou: seis falhas do empresário
1 de 7

Eike Batista no dia em que prestou depoimento: preso desde segunda-feira em Bangu Foto: Agência O Globo / .
E tudo terminou na prisão
Dos primeiros passos do grupo X à caminhada de Eike até a prisão, foram muitos os erros cometidos pelo empresário. Desde o excesso de otimismo e diversificação nos negócios até as relações suspeitas com políticos, com acusações de pagamentos de propinas que levaram o ex-bilionário para atrás das grades.